Português Italian English Spanish

SESI já vacinou 15 mil trabalhadores da indústria contra a gripe na Bahia

SESI já vacinou 15 mil trabalhadores da indústria contra a gripe na Bahia


Meta é vacinar 70 mil pessoas e reduzir incidência de gripe nos ambientes de trabalho

Mais de 15 mil trabalhadores da indústria já foram vacinados desde o início do mês de abril, quando começou a campanha de vacinação em todo o estado. O Serviço Social da Indústria (SESI Bahia) é responsável por oferecer um serviço especializado para as empresas industriais, promovendo a aplicação de vacinas e realizando campanhas de conscientização para os trabalhadores e seus dependentes. Em 2022, a expectativa do SESI é aplicar 70 mil doses de vacinas contra a gripe em toda a Bahia.

 

O gerente de Saúde e Segurança na Indústria do SESI Bahia, Amélio Miranda, explica que as empresas têm consciência da importância de se investir na prevenção. “As empresas entendem que o custo dos afastamentos e a perda de produtividade causados pela gripe geram muito mais prejuízo do que investir em prevenção e por isso aderem em massa à campanha de vacinação contra a gripe”, destaca.

 

Em março, a Confederação Nacional da Indústria (CNI) publicou sondagem que traduz em números esta situação. O levantamento mostrou o impacto da Covid e da Influenza na indústria, no primeiro bimestre de 2022, quando foi registrado um aumento de casos de Covid e de gripe no país.

 

A sondagem ouviu 1.788 empresas, sendo 753 pequenas, 621 médias e 414 grandes. Para 49% das empresas, houve um aumento de custos, 48% relataram aumento da incerteza e 43% acusaram queda da produção e da eficiência. Das empresas consultadas, cerca de 90% afirmaram ter afastado algum funcionário, em janeiro de 2022, por contaminação ou suspeita de contaminação. E mais da metade delas teve a produção afetada.

VACINAS

Atualmente, dois tipos de vacinas estão disponíveis no mercado: a Trivalente, que contempla três cepas de vírus Influenza, e a quadrivalente, que contém quatro cepas. Ambas protegem contra a cepa H3N2 (Darwin), responsável pela maior parte dos casos de gripe no Brasil e na Bahia em 2021.

 

Angela Magalhães, coordenadora de Promoção da Saúde do SSI Bahia explica como funciona o efeito protetivo da vacina. Segundo ela, duas semanas após a aplicação da dose vacinal, o organismo começa a produzir anticorpos. Ela lembra que a vacinação é o método mais eficaz para combater a gripe, com eficácia em torno de 95%.

 

 

Amélio Miranda alerta para os prejuízos causados pela gripe nas empresas, que vai desde a perda de produtividade por afastamento do trabalhador pela doença e suas complicações, até a elevação dos custos com assistência médica corporativa. “O mais importante de promover a vacinação é a sua contribuição para reduzir a circulação do vírus nos ambientes de trabalho e assim garantir a manutenção dos índices de produtividade, da produção e investimentos”.

Praça da Matriz de Vila de Abrantes é entregue a população

3ª edição da Vila da Cultura acontece até o dia 24 de junho

Lamarão realizou o maior São João de Todos os Tempos

Luizinho do Baião no Arraial da Praça Abrantes

 

Santo Antônio do Inocoop tem recorde de Público e artistas comemoram

 3º Cicloturismo de Lamarão atrai esportistas de toda a Bahia