Português Italian English Spanish

Sesau reforça cuidados no consumo de alimentos e bebidas no São João

Sesau reforça cuidados no consumo de alimentos e bebidas no São João


Sesau reforça cuidados no consumo de alimentos e bebidas no São João

A fim de que a festa comece e termine bem, a Secretaria da Saúde (Sesau), por meio da Vigilância Sanitária, alerta a população para cuidados no consumo de alimentos e bebidas típicas do período junino. Intoxicação, distúrbios gastrointestinais como enjoos e diarreias, redução de reflexos, variação de humor e problemas cardiovasculares são algumas das disfunções que podem ser causadas pelo consumo inadequado desses itens.

Quanto aos produtos comprados na rua, a primeira orientação do órgão é que seja observada a condição de higiene e limpeza do local, tanto do espaço em si, quanto das pessoas que estão vendendo. No caso dos alimentos, o comerciante deve proteger os cabelos com toucas a pessoa que manuseia não deve lidar com o dinheiro, a manipulação do produto deve ser feita com uso de luva ou por meio de pinça e devem sempre estar protegidos contra ação de insetos.

Recomenda-se, ainda, que esteja disponível álcool em gel para higienização de mãos. Quanto às bebidas, é orientado o consumo daquelas que possuem rótulo, evitando as que não o tem, já que as bebidas dessa época são artesanais e muitas vezes produzidas em casa. Quem as consome deve dar atenção à hidratação, bebendo-as em quantidade moderada, já que, neste caso, o risco de intoxicação decorre da quantidade abusiva de ingestão do produto.

Para alimentos como canjica, milho, amendoim e afins, a recomendação da Sesau é que sejam consumidos em até 24h depois de cozidos e conservados em uma térmica, ou em panelas dispostas diretamente sobre o fogo. Esta condição aumenta o grau de segurança para consumo, uma vez que estão mantidos sob temperatura adequada.

Se a pessoa perceber alguma alteração no cheiro, na consistência um pouco viscosa, em função de bactérias, os alimentos devem ser imediatamente dispensados e jamais consumidos. A preferência do consumo de produtos assados deve ser dada àqueles cujo preparo é feito à vista do cliente.

Se tomados todos estes cuidados e, ainda assim, o consumidor sentir desconfortos como dores abdominais ou ânsias de vômito, o que já pode caracterizar intoxicação alcoólica ou alimentar, a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) mais próxima deve ser procurada para que seja feita uma hidratação venosa, ou outra intervenção necessária.

Praça da Matriz de Vila de Abrantes é entregue a população

3ª edição da Vila da Cultura acontece até o dia 24 de junho

Lamarão realizou o maior São João de Todos os Tempos

Luizinho do Baião no Arraial da Praça Abrantes

 

Santo Antônio do Inocoop tem recorde de Público e artistas comemoram

 3º Cicloturismo de Lamarão atrai esportistas de toda a Bahia