Camaçari – Praças e praias recebem banheiros públicos adaptados para pessoas com deficiência

0

Fabricados em polietileno de alta densidade, com indicador ocupado/livre, tranca embutida, mictório anti-respingos, assento do vaso em plástico rígido, apoio para locomoção, espaço para cadeira de rodas e tanque de dejetos. Esses são os novos banheiros públicos instalados na Costa de Camaçari. Adaptados para pessoas com deficiência e seguindo as normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), os equipamentos fazem parte do investimento da Prefeitura de Camaçari, através das secretarias de Serviços Públicos (Sesp) e de Turismo (Setur), para melhorar a infraestrutura turística e proporcionar uma melhor qualidade de vida para a população.

A instalação já aconteceu em Barra do Jacuipe, Jauá e Vila de Abrantes. Outras localidades, como Areias e Arembepe, também vão receber os equipamentos, totalizando 14 novos banheiros adaptados. “Proporcionar serviços públicos básicos como esse pode parecer pouca coisa, mas faz uma grande diferença para quem precisa. Representam a preocupação do prefeito Elinaldo em promover dignidade e inclusão para todos. Com esse gesto, o governo mais uma vez reforça seu compromisso de cuidar de todos, com respeito e acessibilidade”, analisa o secretário de Turismo, Gilvan Souza.

Segundo o assessor técnico da Sesp, Eduardo Caleiro, além dos banheiros na Costa, também está sendo estudada a instalação dos equipamentos em pontos estratégicos da sede. “Desde que o governo assumiu, temos a preocupação de atender a população e os visitantes, visando proporcionar mais conforto e garantir condições de higiene nas nossas praças e praias. Essa é uma solicitação antiga e entendemos que ajuda inclusive o comércio”, destaca Eduardo.

A instalação dos banheiros atende a duas importantes vertentes que vem recebendo a atenção do governo municipal: turismo e promoção dos direitos das pessoas com deficiência. Além dos equipamentos, a Prefeitura também está investindo em infraestrutura, ações de mobilidade urbana e adequações arquitetônicas para garantir a inclusão e autonomia de pessoas com deficiência. Esse posicionamento gera impactos positivos no Turismo, permitindo que a cidade seja referenciada como destino acessível.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui