Campeonato de surf movimentou a Praia do Piruí no final de semana

0

As águas da praia do Piruí, em Arembepe, ficaram movimentadas durante o final de semana. Isso porque nos dias 17 e 18 de agosto aconteceu a primeira etapa do Camaçari Open de Surf, campeonato válido pelo circuito municipal, que reuniu 60 atletas de diversas cidades de dentro e fora do Estado, a exemplo de Aracajú, em Sergipe, Salvador, Lauro de Freitas, Ilhéus, Mata de São João e Itacaré. O evento foi marcado por ondas de excelente qualidade, com série de até dois metros, o que permitiu que os surfistas pudessem mostrar suas habilidades.

Conhecer bem as ondas do Piruí e realizar uma boa performance garantiu o título de campeão na categoria Open para Gabriel Fernandez, atleta local. Bastou duas ondas para fechar com um total de 13 pontos e ultrapassar Tiago Camarão, de Salvador, que liderou a bateria, mas no minuto final Gabriel pegou a segunda onda e mudou o cenário, apresentando melhor desempenho e conquistando a primeira posição.

No feminino, o título ficou com Catarina Lorenzo, que também virou o jogo no final da bateria, deixando o segundo lugar para Samira Vitória. No sub18 a posição de destaque ficou para o ilheense Davi Mendes, que levou o título com folga sobre os demais da categoria. Disposto a mostrar que veio pronto pra brigar pela liderança, Darlan Marques, surfista da localidade de Itacimirim, foi o campeão do sub 16.

Breno Matos, local de Arembepe, deixou as coisas bem complicadas para os adversários, que para ultrapassá-lo precisariam de uma excelente nota na bateria, mas não teve pra ninguém e ele ficou com o título. No Sub 12, o atleta Felipe Guerreiro, de Praia do Forte, já acostumado com ondas fortes, levou o troféu de vencedor pra casa. E no sub 10, Mauy Schmidt, de Morro de São Paulo, veio de longe para buscar a liderança na competição e deixou a segunda posição para o atleta de Itacaré, Pedro Veiga, de apenas 8 anos. A disputa foi acirrada na categoria Master, ficando Ricardo Costa como campeão, com a nota 8,73, e o Sidinei Barbosa como segundo colocado, com a nota 8,50.

Além de troféus, os ganhadores das categorias open, máster, sub 18 e sub 16 receberam ainda prancha mais kit compostos por camisa, bermuda, parafina e boné. Já os vencedores das categorias feminino e sub 14, 12 e 10 receberam troféus, skate e kit. Do 2º ao 4º lugar, foram entregues troféus. Os vice-campeões também foram contemplados com kits, tendo alguns deles, além dos itens acima, outros acessórios de surf, como deck.

Os atletas de Camaçari não pagaram inscrições, mas doaram três quilos de alimentos não perecíveis. Foram arrecadados 70 quilos de mantimentos que serão doados a instituições beneficentes do município.O Camaçari Open de Surf integra o projeto Esporte + Camaçari. O evento é patrocinado pela Prefeitura de Camaçari, por meio da Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude (Sejuv), homologado pela Federação Baiana de Surf e conta com o apoio da Associação Camaçariense de Surf (ACS).
Foto: Ascom/PMC    

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui