Coronavírus: Justiça determina que operadoradas ativem número 156 para atendimento em Camaçari

0

O município de Camaçari conseguiu uma liminar na Justiça obrigando as operadoras de telefonia a disponibilizarem o número 156 para atendimento aos casos de coronavírus no município. A decisão da juíza Ana Lúcia Ferreira Matos prevê multa diária de R$ 50 mil caso Tim, Oi, Claro e Vivo descumpram a determinação.

O número foi solicitado pela prefeitura para atendimento à população, com informações sobre o Covid-19 feito por profissionais treinados, inclusive por enfermeiros. Por meio do 156, poderá ser feita uma triagem inicial dos casos, com orientações às pessoas sobre como proceder e se os sintomas apresentados demandam ou não atendimento em unidadede saúde.

“É de se pontuar que é fato público e notório a propagação mundial do vírus Covid-19, havendo
campanhas de todas as esferas governamentais no sentido de se estabelecer o isolamento social como método mais eficaz para ruptura da cadeia de contaminação e evitar as mortes decorrentes do colapso do
serviço de saúde, público e privado, em razão da demanda muito superior à oferta.
Nesse contexto, coerente e acertada a medida de disponibilizar aos munícipes números de telefones que
evitem o deslocamento até as unidades de saúde para obter informações, evitando aglomerações
desnecessárias, sem desobrigar-se de prestar auxílio”, escreveu a juíza.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui