São Paulo tem “super” reabertura econômica. O que volta pelo estado?

0

Esta semana começa com a maior reabertura de setores da economia de São Paulo desde o início da pandemia de covid-19, em março. Em sete regiões do interior e duas sub-regiões da Grande São Paulo a quarentena fica menos restrita a partir desta segunda-feira, 13. Na capital, parques e academias voltam a funcionar.

A flexibilização foi anunciada na última sexta-feira, 10, pelo governador João Dória (PSDB) e só foi possível depois que o estado atingiu o que ele chamou de ‘platô’, ou seja, uma estabilidade no número de mortes por semana.

Há pelo menos um mês, o número de óbitos em decorrência do coronavírus registrado em São Paulo está em uma média de 1.700 confirmações semanais. Entre a antepenúltima e a penúltima semana, registrou, pela primeira vez, uma leve queda de 3%.

A diminuição no número de internações também contribuiu. Atualmente a taxa de ocupação de leitos de UTI está em uma média de 60%, tanto no estado quando na região metropolitana.

A partir desta segunda-feira, Bauru, Marília, Piracicaba, Presidente Prudente e Sorocaba saem da quarentena mais restrita, a 1 (vermelha), para a 2 (laranja). Com isso, podem reabrir comércio de rua e shoppings, com capacidade de 20% e por 4 horas, caso abra todos os dias.

A Baixada Santista e o Vale do Ribeira tiveram a maior progressão, saíram da fase 1 direto para a fase 3 (amarela). Ficam portanto permitidas a também abrir comércio de rua e shopping, mas com capacidade de 40%. Nesta etapa, bares e restaurantes podem funcionar, além das academias.

Também entraram nesta fase 3 as regiões de Guarulhos, Mogi das Cruzes, Taboão da Serra, Itapecerica da Serra, Osasco e Barueri.

Na última atualização das fases da quarentena, a capital paulista se manteve na amarela 3. Nesta segunda-feira abre o Parque do Ibirapuera e mais 69 parques municipais. A capacidade é limitada a 40% e a entrada é controla. O uso de máscara é obrigatório e ficam proibidas as atividades em grupo.

A prefeitura de São Paulo autorizou ainda a partir desta segunda o retorno das academias. Entre as regras está o funcionamento somente por 6 horas diárias, com 30% da capacidade, horário agendado e permitidas somente atividades individuais.

Vale lembrar que apesar desta ser a maior flexibilização da quarentena no estado, algumas regiões ainda enfrentam problemas no controle da covid-19 e continuam na fase mais restrita, como Campinas, Araçatuba, Franca e Ribeirão Preto.

Nesta super segunda há ainda o início da seleção dos 9 mil voluntários que vão testar a vacina do laboratório chinês Sinovac. Os testes, liderados pelo Instituto Butantan, em São Paulo, vão contar com o apoio de centros de pesquisa no Rio de Janeiro, Minas Gerais, Paraná, Rio Grande do Sul e Distrito Federal.

Os voluntários serão escolhidos entre profissionais de saúde que trabalham diretamente no atendimento de pacientes com a covid-19.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui