Thiago Carleto revela interesse em renovar com o Vitória e diz: “Encontrei a felicidade”

0

Thiago Carleto chegou no Vitória com o time numa fase muito ruim tanto dentro de campo, quanto fora dele e isso fez com que muitas pessoas se perguntassem o motivo de ele ter aceitado a proposta do Leão. Em entrevista coletiva na manhã desta terça-feira (29), o jogador revelou que tinha uma missão a cumprir e aproveitou o ensejo para agradecer à torcida.

“Desde já quero agradecer ao carinho da torcida, tenho recebido muitas mensagens de apoio. Quando decidi vir para cá, muita gente perguntou, e ainda me pergunta, o que eu viria fazer aqui. O Vitória nessa situação, tinha outros clubes interessados. Algo me dizia que eu tinha uma missão a cumprir. Poderia muito bem rescindir com o Ceará e ir para casa descansar, passar o final de ano com a família. Venho de um ano e meio complicado, de situações de vida. Tinha certeza que algo ia acontecer quando estivesse aqui. E está acontecendo em termos individuais. Claro que sozinho não vou para lugar nenhum. Tenho muito a crescer ainda, muito a ajudar nessa reta final. Minha presença aqui hoje talvez tenha motivado os jogadores. Tenho sentido isso no dia a dia. Conheço o Geninho muito bem, senti uma verdade grande no presidente quando me ligou, quando a gente conversou. Isso reflete dentro de campo. Os atletas ficam mais leves, mais à vontade”, afirmou o lateral esquerdo do Vitória.

Carleto também disse que encontrou a felicidade no Leão e em Salvador e afirmou que dinheiro não é tudo, ainda em relação ao fato de ter acertado com o Rubro-Negro.

“Dinheiro nenhum paga a felicidade de fazer a sua profissão quando se faz com amor, quando se está feliz, quando se vê a família feliz. É o que tem acontecido comigo em Salvador. Encontrei a felicidade depois de tudo o que passei. Dinheiro não é tudo”, disse.

O jogador ainda revelou que tem interesse em renovar, mas só vai o fazê-lo caso o Vitória permaneça na Série B.

“[Contrato acaba] No fim do ano. Sem dúvida [tenho interesse]. Ainda sou jogador do Ceará, eles têm uma responsabilidade até dezembro. O contrato é dividido em duas partes. Sem dúvida o desejo de ficar é grande. Mas isso só vai acontecer se cumprir com minha obrigação e cumprir a obrigação que tenho, que é deixar o Vitória na Série B. E ano que vem pensar, desde o começo, com mais tranquilidade. Mas para isso precisamos eliminar o risco, ainda não estamos em uma zona confortável. Perdemos uma oportunidade contra o Londrina. Vontade eu tenho, mas não posso pensar nisso agora. Estaria sendo injusto comigo mesmo de falar sobre meu futuro. O clube depende da permanência na Série B. A responsabilidade é nossa, de todos os jogadores. Assumi essa responsabilidade, vou lutar por isso, estou esperançoso e vou lutar bastante para, no mínimo, deixar o Vitória na Série B. Ano que vem a gente pensa [em renovação]. Mas pelo carinho, pela grandeza do Vitória, tem interesse da minha parte. Vou esperar chegar dezembro, com o objetivo alcançado, e a gente senta e planeja o ano que vem”, afirmou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui